Autoajuda – Dignidade da Autoconfiança

Autoajuda – Dignidade da Autoconfiança, Seja confiante para enxergar tua vida com clareza, e prosperar seguro de todas as tuas ações, pois teu sucesso depende da tua autoconfiança.

Autoajuda – Dignidade da Autoconfiança, Seja confiante para enxergar tua vida com clareza, e prosperar seguro de todas as tuas ações, pois teu sucesso depende da tua autoconfiança.

Autoajuda – Dignidade da Autoconfiança

Autoajuda – dignidade da autoconfiança sem autoconfiança, somos tão incompletos como uma receita que não mostrar todos os ingredientes.

Autoajuda – dignidade da autoconfiança, a autoconfiança vê as possibilidades do indivíduo; a autossuficiência as realiza, vê o anjo no bloco de mármore não trabalhado; a autossuficiência o esculpe para si mesmo.

O homem que é autossuficiente sempre diz:

“Ninguém pode realizar minhas possibilidades para mim, exceto eu; ninguém pode me tornar bom ou mau, a não ser eu mesmo. ”

Ele realiza sua própria salvação – financeira, social, mental, física e moral. A vida é um problema individual que o homem [ ou a mulher ]deve resolver por si mesmo. A natureza não aceita nenhum sacrifício vicário, nenhum serviço vicário. A natureza nunca reconhece um voto por procuração.

Ela não tem nada a ver com intermediários – ela lida apenas com o indivíduo. A natureza está constantemente procurando mostrar ao homem que ele é seu melhor amigo ou seu pior inimigo.

A natureza dá ao homem [ ou mulher ] a opção de ser para si mesmo.


Todos os exercícios atléticos do mundo não têm valor para o indivíduo, a menos que ele obrigue aquelas barras e halteres a cederem a ele, em força e músculos, a força pela qual ele mesmo paga em tempo e esforço. Ele nunca pode desenvolver seus músculos mandando seu valete [ seu retrato ] para um ginásio.


As arcas de remédios do mundo são impotentes, em todos os esforços conjuntos, para ajudar o indivíduo até que ele estenda a mão e tome para si o que é necessário para sua fraqueza individual.
Todas as religiões do mundo são apenas especulações morais, meras teorias de salvação, até que o indivíduo perceba que deve salvar-se confiando na lei da verdade,

A dignidade da autoconfiança

A dignidade da autoconfiança e vivendo sua vida em harmonia com ela, tão plenamente como ele pode. Mas a religião não é um carro de luxo, com assentos almofadados, onde ele só precisa pagar a passagem – e outra pessoa faz todo o resto.

Na religião, como em todas as outras grandes coisas, ele sempre se deixa levar pela autossuficiência.

Ele deve aceitar todas as ajudas, mas – ele deve viver sua própria vida. Ele não deve se sentir um mero passageiro; ele é o engenheiro, e o trem é sua vida. Devemos confiar em nós mesmos, viver nossas próprias vidas ou simplesmente vagar pela existência – perdendo tudo o que é melhor, tudo o que é maior, tudo o que é divino.

A vida é apenas uma sucessão de oportunidades

Autoajuda – dignidade da autoconfiança, tudo o que os outros podem fazer por nós é nos dar oportunidades. Devemos estar sempre preparados para as oportunidades quando elas surgirem, e para ir atrás dela e encontrá-la quando ela não vier, ou quando a oportunidade for para nós – nada.

A vida é apenas uma sucessão de oportunidades. Elas são para o bem ou para o mal – como nós os fazemos.
Muitos dos alquimistas da antiguidade achavam que lhes faltava apenas um elemento; se pudessem obtê-lo, acreditavam que poderiam transmutar os metais básicos em ouro puro. É tão característico. Existem indivíduos com raros dons mentais e delicado discernimento espiritual que falham totalmente na vida porque carecem de um elemento – a autossuficiência. Isso uniria todas as suas energias e os concentraria em força e poder.

Seja autossuficiente

O homem que não é autossuficiente é fraco seja autossuficiente, hesita a dúvida em tudo o que faz. Tem medo de dar um passo decisivo, porque tem medo do fracasso, porque espera que alguém o aconselhe ou porque não ousa agir de acordo com o seu próprio bom senso.

Em sua covardia e em sua vaidade, ele vê todo o seu insucesso devido aos outros. Ele “não é apreciado”, “não é reconhecido”, ele é “reprimido”. Ele sente que, de alguma forma sutil, “a sociedade está conspirando contra ele”. Ele fica quase vaidoso ao pensar que ninguém teve tanta pobreza, tanta tristeza, tanta aflição, tanto fracasso quanto ele.


Autoajuda – dignidade da autoconfiança, seja autossuficiente o homem que é autossuficiente busca sempre descobrir e conquistar força inerente, que não precisa de andaimes de simpatia comum para sustentá-lo. Ele deve sempre ser autossuficiente para a dignidade da autoconfiança.
A riqueza e a prosperidade da Roma antiga, contando com seus escravos para fazer o verdadeiro trabalho da nação, provaram a queda da nação.

Autoajuda e o que precisamos para encontrar a autoconfiança quando temos uma vida de dúvidas e incertezas. Somos todos criaturas sensíveis, sujeitos a dúvidas e incertezas nas ações que precisamos tomar no nosso dia a dia a autoajuda agrega várias formas, maneiras de ajuda e a autoconfiança e uma delas.

Seja confiante para enxergar tua vida com clareza, e prosperar seguro de todas as tuas ações, pois teu sucesso depende da tua autoconfiança.